21 2799-5359

secretaria@freitasrodrigues.com

Educação Infantil


Educação Infantil

1. APRESENTAÇÃO

"A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida".
John Dewey

       A Educação infantil é o início da Educação Básica brasileira e é parte obrigatória da vida escolar de cada criança. As atividades desenvolvidas têm cunho lúdico e educacional, pensadas para desenvolver habilidades e capacidades corporais, cognitivas, emocionais, culturais e sociais. É uma etapa de cuidado e educação, onde  se valoriza a aprendizagem para a conquista, segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais. 
  Nossa proposta pedagógica é formulada considerando a criança como um ser em contrução, mas que já possui inúmeros conhecimentos e estes devem ser ampliados e articulados a uma realidade concreta. Neste sentido, devem ser trabalhados temas que envolvam e auxiliem:
I – na gestão das emoções;
II – no desenvolvimento de hábitos higiênicos e alimentares;
III – na vivência de situações destinadas à organização dos objetos pessoais e escolares;
IV – na vivência de situações de preservação dos recursos da natureza;
V – no contato com diferentes linguagens representadas, predominantemente, por ícones – e não apenas pelo desenvolvimento da prontidão para a leitura e escrita –, como potencialidades indispensáveis à formação do interlocutor cultural.
     Deve-se entender que, para as crianças de 0 (zero) a 5 (cinco) anos, independentemente das diferentes condições no espaço escolar, as relações sociais requerem a atenção intensiva dos profissionais da educação, durante o tempo e o momento de desenvolvimento das atividades que lhes são peculiares: este é o tempo em que a curiosidade deve ser estimulada, a partir da brincadeira orientada pelos profissionais da educação.

2. OBJETIVOS

      A Educação Infantil, cuja finalidade primordial é o desenvolvimento integral da criança até cinco anos de idade, nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade, tem como objetivos:
a) Estabelecer vínculos afetivos, ampliando suas possibilidades de comunicação e interação social;
b) Respeitar a diversidade e desenvolver atitudes de ajuda e colaboração;
c) I
ncentivar a autonomia nas atividades cotidianas, assim como nas decobertas e aprendizagens; 
d) Observar e explorar o ambiente com atitude de curiosidade;
e) Desenvolver suas expressões e habilidades de diferentes formas, estimulando suas áreas emocional, física, intelectual, e social;
f) Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; 
g) Utilizar as diferentes linguagens de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas idéias, sentimentos, necessidades e desejos; 
h) Conhecer algumas manifestações culturais, de interesse, respeito e participação, valorizando a diversidade.
     Visamos formar cidadãos ativos, críticos e conscientes sobre si e sobre a realidade que os cerca, além de incentivar o desenvolvimento humano em sentido pleno. A aplicabilidade desta proposta se faz extremamente necessária desde as mais iniciais fases da educação e deve ser mantida até as fases finais, criando um conjunto coerente e focado num único objetivo: formação de seres humanos que transformem o mundo.

3. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR         

     A organização curricular para os alunos dessa faixa etária inclui atividades referentes à Linguagem oral e escrita, para desenvolver as competências de participar de situações de interlocução, demonstrando habilidades de ouvir, compreender e produzir textos orais; e  vivenciar práticas de leitura, ampliando suas possibilidades de interpretação, compreensão e acesso ao mundo letrado. Os educadores preparam atividades significativas para a ampliação do vocabulário infantil e o desenvolvimento dessa linguagem, tornando-a mais clara e estruturada.
   Nos conhecimentos da Matemática, o aluno deverá desenvolver competências de: perceber o espaço ocupado pelo próprio corpo e por diferentes objetos, demonstrando noções de orientação espacial; estabelecer relações de ordem e inclusão hierárquica, quantificando grupos de objetos e utilizando diferentes estratégias para solucionar problemas cotidianos; utilizar instrumentos de medida empregando noções de tempo, temperatura, comprimento, massa e capacidade.
     A área de conhecimento de Natureza e Sociedade, trabalha com a interação do aluno com o meio ambiente demonstrando atitudes de investigação, respeito e preservação; conhecimento do corpo humano, suas potencialidades e limites e valorização de hábitos de cuidados com a saúde e o bem-estar individuais e coletivos; identificação da organização, modos de ser, viver e trabalhar do grupo familiar e de outros grupos sociais com os quais a criança convive.
     Em Corpo e Movimento, o aluno deverá desenvolver a competência de controlar o próprio corpo, utilizando-o como instrumento de interação com o outro e com o meio através de movimentos. Assim, aplicam-se jogos interativos com destaque às ações de correr, pular, andar variando o ritmo e intensidade de movimentos, andar sobre linhas; exploram capacidades de força, lateralidade, coordenação, resistência, velocidade, flexibilidade e equilíbrio; desenvolvem atividades essenciais para proporcionar o respeito à sua própria integridade física e a dos colegas, a regras e combinados elaborados, dentre outros.
       A área Arte e Música, possibilita ao aluno desenvolver as competências de: reconhecer as artes visuais como meio de comunicação, expressão e construção do conhecimento; utilizar a linguagem teatral, musical e a dança para interagir com o outro e com o meio, expressando emoções, ideias e ampliando conhecimentos; aprimorar a coordenação motora fina e a grossa com atividades manuais que utilizam diversos tipos de materiais artísticos.
        Além disso, o currículo que enriquece com a disciplina de Ética e Cidadania Moral, onde os alunos são levados a refletir sobre suas ações; reconhecer atitudes positivas e negativas de relação com o outro; noções de cidadania e recenhecimento enquanto cidadão integrador da sociedade.
      Ainda segundo as DCNs, "A Educação Básica é direito universal e alicerce indispensável para a capacidade de exercer em plenitude o direto à cidadania. É o tempo, o espaço e o contexto em que o sujeito aprende a constituir e reconstituir a sua identidade, em meio a transformações corporais, afetivoemocionais, socioemocionais, cognitivas e socioculturais, respeitando e valorizando as diferenças". Esse é o compromisso que nós, do Centro Educacional Freitas Rodrigues firmamos a cada dia, com cada aluno através de um trabalho centrado e sério.

Nossa escola oferece a Educação Infantil, nos turnos Manhã e Tarde. (Não trabalhamos com horário integral).

"Educar exige cuidado; cuidar é educar, envolvendo acolher, ouvir, encorajar, apoiar, no sentido de desenvolver o aprendizado de pensar e agir, cuidar de si, do outro, da escola, da natureza, da água, do Planeta. Educar é, enfim, enfrentar o desafio de lidar com gente, isto é, com criaturas tão imprevisíveis e diferentes quanto semelhantes, ao longo de uma existência inscrita na teia das relações humanas, neste mundo complexo. Educar com cuidado significa aprender a amar sem dependência, desenvolver a sensibilidade humana na relação de cada um consigo, com o outro e com tudo o que existe, com zelo, ante uma situação que requer cautela em busca da formação humana plena".
Diretrizes Curriculares Nacionais